Prefeitura inaugura nova unidade do CAPS AD-III no bairro Colina Verde, em Mococa

31
0
COMPARTILHAR
Descerramento da placa inaugural

 

Mococa:- A Prefeitura Municipal de Mococa inaugurou na manhã de sábado, dia 03, a unidade do CAPS –AD III “Cenira Naglio Palladini”, no bairro Colina Verde. As instalações irão atender inclusive aos domingos e feriados, 24 horas por dia.

O CAPS AD – III leva o nome da Dona Cenira Naglio Palladini que morreu em 2012, aos 87 anos. Durante toda a vida, ela trabalhou como voluntária em causas sociais ligadas à saúde e na Maternidade “Anita Costa. Era casada com o Sr. Paulo Palladini, que foi durante décadas Diretor da Câmara Municipal de Mococa. Tinha dois filhos, o engenheiro Paulo Ricardo Naglio Palladini e o médico psiquiatra Paulo Cezar Naglio Palladini.

 

Diretora de Saúde, Dra. Eliana Mazucato, durante discurso

A cerimônia reuniu autoridades do Poder Executivo, Legislativo, familiares da homenageada e a sociedade em geral. A Diretora do Departamento de Saúde, Dra. Eliana Mazucato, foi a primeira a discursar. Na seqüência foi a vez do Presidente dos Correios, Guilherme Campos, fazer o uso da palavra. Por último, o prefeito municipal, Dr. Wanderley Martins, falou aos presentes sobre a felicidade de entregar mais uma obra à população do município.

Conheça o trabalho do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas)
O CAPS AD III ofertará atendimentos multiprofissionais, sendo a equipe técnica composta por assistentes sociais, enfermeiros, psicólogo, farmacêutico, médicos psiquiatras, psicólogos, técnicos de enfermagem e terapeuta ocupacional, além dos servidores que atuam na administração e os auxiliares de serviços gerais.

 

Prefeito Wanderley Martins durante discurso

Na construção foram investidos R$ 1.000.00,00 milhão enviados pelo Governo Federal, além de outros recursos para aquisição de mobiliário e equipamentos, os quais serão distribuídos num espaço de 735 m², composto por mais de 20 ambientes, sendo recepção, atendimento individualizado, sala de atividades coletivas, uma sala para oficinas terapêuticas, um espaço de convivência, uma cozinha, um refeitório, área de lazer e vestiário, oito quartos para acolhimento noturno de usuários, entre outros espaços.

Segundo a coordenadora do CAPS AD III, Fabiana Cristina Zane, o serviço funciona na modalidade “portas abertas”, então qualquer pessoa que precise dos atendimentos lá ofertados pode procurar o CAPS AD III espontaneamente, sem qualquer barreira ou necessidade de agendamento prévio.

Em média o CAPS AD III atende 65 pessoas por dia, e é referência para 12 municípios (Mococa, Casa Branca, São José do Rio Pardo, Itobi, Vargem Grande do Sul, Tapiratiba, Caconde, Santa Cruz das Palmeiras, Tambaú, Aguaí, Divinolândia e São Sebastião da Grama). Antes eram oito leitos para desintoxicação, agora após a inauguração, serão doze.

 

População prestigiou a inauguração

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Campo obrigatório