Eleição em Guaranésia acompanha o ritmo do país e muda o panorama político do último pleito de 2014

148
0
COMPARTILHAR
Na Pratinha vemos os vereadores Felipe, Geraldinho, o vice-prefeito Diego junto do deputado reeleito Cassio Soares

 

Guaranésia:- Este ano as eleições em Guaranésia reservaram algumas surpresas, não muito diferente do ritmo das urnas apuradas em todo pais. Para se ter ideia neste 1º turno o PT que há muitos anos ganhava facilmente no município, desta vez perdeu.

A porcentagem foi de 38,09% a favor do candidato Jair Bolsonaro, o que corresponde a 3.919 votos, contra os 35,82% de Fernando Haddad que corresponde a 3.686 votos. Outra surpresa foi o candidato Romeu Zema que obteve 39,94%, o que corresponde a 3.537 votos, contra os 30,10% que corresponde a 2.666 de Anastásia. Para os outros cargos outros dois perderam o status de majoritário, o primeiro foi o deputado federal Calos Melles que baixou de 2.274 na eleição passada para os 442 votos.

Outro que perdeu espaço foi o candidato a deputado estadual Ivair Nogueira. Ivair não se reelegeu e ainda perdeu a vaga de majoritário para Cassio Soares. Cassio obteve 2.384 votos contra 1.126 de Ivair. Os recordistas de votos foram o candidato a Deputado Federal Emidinho Madeira que obteve 3.453 votos, o candidato ao Senado Rodrigo Pacheco que obteve 5.505 votos. Para os próximos quatro anos Guaranésia terá três representantes eleitos de nossa região. São eles Emidinho Madeira de Nova Resende, Cassio Soares e Rodrigo Pacheco ambos de Passos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Campo obrigatório