Resposta de Paulo Gornati coloca um fim na esperança de reabertura do Matadouro Municipal

46
0
COMPARTILHAR

 

Monte Santo:- Na reunião ordinária da Câmara Municipal de Monte Santo de Minas, realizada na segunda-feira, 02 de abril, o secretário do legislativo vereador Hugo Zotti Rocha leu a resposta enviada pelo prefeito Paulo Gornati com relação à reabertura do Matadouro Municipal.

Em poucas linhas, sem quaisquer informações mais profundas sobre o assunto o prefeito Paulo Gornati simplesmente respondeu que: “Após estudos, referida construção apresentou-se inviável para esta Administração, tendo em vista a incompatibilidade entre a natureza do serviço de matadouro com a burocracia de um processo licitatório exigido para entes públicos. Este serviço deve ser melhor oferecido por empresas privadas”.

O vereador Paulo Rubens Coelho Donnabella, que no ano passado provocou uma reunião entre o prefeito, vereadores, presidente do Sindicato Rural, José Maria de Andrade Pontes, Carlos Paulino, presidente da Cooxupé, e representantes dos supermercados, açougueiros, pecuaristas, boiadeiros e interessados no segmento de carne no município para a viabilidade de reabertura do Matadouro Municipal, ficou atônito com a resposta.

 

“Depois dizem que eu fico pegando no pé do prefeito, mas a resposta que nos foi dada não explica nada. Deveria, pelo menos, ser mais profundo com explicações mais detalhadas. Acho que isso é fazer pouco caso não só de nós vereadores, mas também de toda a nossa população, incluindo ai os açougueiros, os donos de supermercados e enfim todos aqueles que atuam no segmento de carne”, avaliou Paulo Rubens.

O vereador ainda lembrou-se da reunião realizada no dia 30 de agosto do ano passado, que contou com a participação de mais de uma dezena de pessoas ligadas ao ramo de carne, além de vereadores, do presidente do Sindicato Rural de Monte Santo, José Maria de Andrade Pontes e do presidente da Cooxupé, Carlos Paulino. “Naquela oportunidade o prefeito disse que realizaria estudos para a reabertura do matadouro, mas acho que foi só enrolação”, lamentou Paulo Rubens.

Só para lembrar, o antigo Matadouro Municipal foi fechado no governo do ex-prefeito Cacau que gastou uma fortuna com novos equipamentos, maquinários e construção do novo matadouro sem, contudo, consultar os órgãos ambientais sobre a legalização do matadouro. O prejuízo causado ao erário público foi enorme, pois a obra foi embargada e os equipamentos e maquinários ficaram deteriorados e alguns estão desaparecidos. Nas fotos vemos os participantes da reunião realizada em 30 de agosto de 2017.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Campo obrigatório